Biotimize tem projeto aprovado em programa da FAPESP

Empreendedorismo com a FAPESP

É com muita satisfação que compartilhamos essa notícia com vocês! A Biotimize teve aprovado seu projeto para desenvolvimento de vanilina natural a partir de rota biotecnológica. O programa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) no qual vamos participar se chama Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) e é um dos mais concorridos no país!

Criado em 1997, o PIPE apoia a execução de pesquisa científica e/ou tecnológica em pequenas empresas em todo o Estado de São Paulo. Esse programa apresenta 3 fases. A primeira é para a execução de Análise de Viabilidade Técnico-Científica, com duração de até 9 meses e financiamento máximo de 200 mil reais. Na segunda fase, deve ser realizada o desenvolvimento da proposta propriamente dita, pode durar até 2 e conta com financiamento máximo de 1 milhão de reais. A última fase consiste na etapa de desenvolvimento comercial e industrial dos produtos e/ou processos desenvolvidos nas etapas anteriores.  Os recursos para a Fase 3 devem ser obtidos pela empresa junto ao mercado ou outras agências de financiamento para empresas. A FAPESP lança também, em certas ocasiões, editais em conjunto com a FINEP e outros órgãos para financiamento específicos para a Fase 3.

Nosso projeto foi aprovado para a primeira etapa. Durante os 9 meses de execução do projeto, vamos estudar diferentes micro-organismos e sistemas de cultivo para a transformação de um resíduo industrial em vanilina, uma das principais molécula responsável pelo aroma de baunilha. Com os resultados dessa pesquisa, vamos obter parâmetros de rendimento e produtividade necessários para a realização de uma Análise Técnica-Científica de qualidade e, assim, definir estratégias de produção e comercialização.

Acompanhe nossas redes para ficar por dentro do andamento desse projeto!

Para saber mais sobre nossos serviços, acesse.

Como o mercado de Bioprocessos tem Evoluído? Inscreva-se e acompanhe!

* campos obrigatórios