20 de dezembro de 2018

O papel da consultoria

Durante o desenvolvimento de um produto ou processo biotecnológico, ou até mesmo ao prestar serviços para outras áeras, as empresas necessitam de colaboradores externos (consultores). Entretanto, surge a dúvida se este investimento se faz realmente necesário. Algumas vezes, a empresa desenvolvedora ou prestadora de serviço possui conhecimento para desenvolver sua atividade. Acontece que, muitas vezes, esse conhecimento requerido em bioprocessos se torna tão específico, que é essencial recorrer a consultorias especializadas. A dúvida é: em que momento o seu negócio ou prestação de serviço passa a precisar de conhecimento mais especializado de uma consultoria na área? A fim de trazermos inspiração para essa resposta, pedimos para que o Prof. Dr. Aldo Tonso, da Universidade de São Paulo (USP), compartilhasse conosco a sua visão. Acompanhe a seguir: “Bioprocessos é uma área de conhecimento bastante interdisciplinar, que aborda não só uma parte da Engenharia Química, como partes da Biologia e Química, em especial Microbiologia e Bioquímica, requerendo às vezes conceitos de Imunologia, Ecologia, Engenharia Ambiental, etc… De modo geral, um Bioprocesso busca explorar capacidades naturais dos organismos para a produção de um bioproduto, gerando empregos e uma solução a um problema da sociedade, além de retorno aos que investiram numa empresa. Além disso, graças à Tecnologia do DNA Recombinante, incluindo técnicas modernas como CRISPR/Cas9, é possível se obter moléculas que naturalmente não seriam produzidas pelos organismos.E há uma variedade muito grande de organismos, os quais podemos empregar, como bactérias (aeróbicas e anaeróbicas), fungos filamentosos e leveduras, além de células animais (principalmente de mamíferos e de insetos) e plantas, com as quais se obtém bioprodutos de altíssimo valor agregado.Assim, o conhecimento de como funcionam esses organismos é fundamental para o sucesso de uma empresa, principalmente num país como o Brasil, cuja indústria de bioprocessos ainda está em desenvolvimento e há muito espaço para crescer.Por outro lado, há um conjunto grande de técnicas de engenharia que potencializam a produção desses bioprodutos, sem as quais o processo seria economicamente inviável. Otimização de meios de cultura, formas de condução do biorreator, desenvolvimento do processo de purificação exigem conhecimentos específicos e constantemente em evolução, fruto do trabalho de grupos de pesquisa em todo o mundo. Nesse contexto, fica claro que é muito difícil o domínio de todos esses conhecimentos e surge a contratação de uma consultoria em bioprocessos como uma opção viável e recomendável para auxiliar uma empresa a se desenvolver e evitar trilhar por um caminho que mais para frente se mostre como equivocado. Normalmente, uma opinião de fora compensa em muito o investimento, reduzindo a chance de grandes erros, além de apontando a direção para a qual a empresa deva envidar seus esforços”.
A experiência da Biotimize também revela que o investimento feito hoje na área de bioprocessos, pode gera muito rendimento no futuro. O caminho adotado durante o desenvolvimento da atividade da sua empresa vai ditar a qualidade da tecnologia ou serviço produzido.

Como o mercado de Bioprocessos tem Evoluído? Inscreva-se e acompanhe!

* campos obrigatórios